fbpx

Vale a pena investir na nova certificação ITIL 4 Foundation?

V

Foram meses aguardando a tão esperada nova versão da ITIL. A ITIL 4 (e não ITIL v4). E finalmente chegou a hora de falarmos sobre o impacto da nova versão no cenário atual.

Neste artigo quero destacar os 3 sinais que apontam este como o momento mais oportuno dos últimos 12 anos para investir na certificação ITIL. E porque é importante você dar este passo o mais rápido possível.

Também vou comentar sobre uma estratégia muito subestimada e até desconhecida que apliquei em meados de 2006.

Esta estratégia mudou drasticamente o rumo da minha carreira e acredito que também pode fazer a diferença pra você, caso aplique ela no momento certo. Ou seja, agora.

Mas vamos aos sinais da oportunidade para investir na certificação ITIL 4…

Primeiro sinal da oportunidade

O primeiro sinal da oportunidade é que o momento atual exige, mais do que nunca, gerenciamento de serviços. O mercado vem falando sobre transformação digital, economia de acesso, economia colaborativa, economia da recorrência e mais uma lista interminável de abordagens modernas para negócios.

E todos esses rumos da indústria levam ao serviço.

Um estudo do banco da reserva federal de St Louis mostra um crescimento significativo no consumo de serviços da população americana frente aos bens de consumo duráveis e não duráveis.

Portanto, trata-se de um fenômeno consumado.

Hoje você não compra mais um DVD. Você assina o serviço de streaming de filmes do Netflix.

Também já não é mais comum comprar uma licença do Office. Basta assinar o serviço Office 365 e ter acesso à toda suíte do Office online, sempre na versão mais atualizada.

E se você acha que estes exemplos são muito óbvios, dá uma olhada no pessoal da A Lavadeira, cuja proposta é que vc não precise mais ter uma lava-roupas de trocentos quilos na sua casa.

Ao invés disso, basta assinar um serviço de lavanderia com um custo fixo por mês, sem assumir o custo de depreciação , manutenção e espaço de uma lava-roupas na sua casa.

Quer outro exemplo?

A Phillips descobriu que com o avanço da tecnologia, as lâmpadas precisam cada vez menos de manutenção e têm uma vida útil cada vez mais longa. Ou seja, cada vez menos consumidores comprando lâmpadas novas.

O que a Phillips fez então foi criar uma oferta de iluminação como serviço. E embora isso esteja limitado a empresas e cidades inteligentes, não deve demorar pra vc ter uma opção parecida na sua casa.

E se tudo leva a o caminho da provisão de serviços, o gerenciamento de serviços passa a ser uma atividade crítica – mais crítica do que nunca – para toda e qualquer organização de serviços.

Segundo sinal da oportunidade

O segundo da oportunidade é muito emblemático. Ele se refere a própria orientação histórica da ITIL.

A ITIL v2 e v3 sempre tiveram uma orientação muito forte para processos.

Na ITIL 4 esse paradigma foi fortemente quebrado, e as filosofias mais “atuais” como Agile, Lean, DevOps foram incorporadas pra valer.

Os princípios orientadores (guiding principles) são um dos elementos da nova versão que confirmam a mudança de orientação. Foram incorporados da excelente publicação ITIL Practitioner Guide, de 2016. Eu escrevi sobre eles neste artigo.

Estes princípios são profundamente inspirados no manifesto ágil, na eliminação de desperdícios (Lean) e na otimização e automação de tudo que for possível. (dando abertura para temas emergentes de tecnologia como machine learning e Inteligência artificial).

O ciclo de vida de serviços proposto na ITILv3, que tinha uma orientação muito forte para processos, agora dá lugar para o Sistema de Valor de Serviço (Service Value System) e a Cadeia de Valor de Serviço (Service Value Chain).

Conceitos novos que endereçam o gerenciamento de serviço de uma maneira mais completa, considerando perspectivas diferentes e uma orientação na geração de valor, independentemente de qual prática ou processo vc vai usar.

Essa é sem duvida a mudança que mais me chamou atenção na ITIL4.

Diferentemente do modelo do ciclo de vida de serviço, mais enfático e com forte orientação para processos, o novo modelo é totalmente flexível e orientado a valor.

Portanto, se o ITIL antes era taxado como um framework burocrático e desatualizado com as abordagens atuais, esse problema definitivamente não existe mais.

Até o Spotify usa ITIL =)

Terceiro sinal da Oportunidade

O terceiro – e talvez o mais importante sinal da oportunidade – se refere ao timing.

As empresas estão buscando pessoas capacitadas para resolver desafios atuais e reais.

A ITIL 4 veio com uma proposta bem moderna e atualizada pra endereçar esses desafios. Então é natural que a preferência seja para trabalhar com profissionais que já conhecem a ITIL 4 e possam comprovar o conhecimento mínimo. Por exemplo, através de uma certificação de nível foundation.

A estratégia da antecipação

Com a chegada da ITIL 4 e também do novo programa de certificação, houve praticamente um reset no mercado.

Ou seja, quem tirou a certificação da V3 há algum tempo atrás precisa se atualizar. Então se vc perdeu o timing da certificação V3, essa é a sua oportunidade de sair na linha de frente.

A estratégia de antecipação pode virar o jogo da sua carreira se você tomar uma atividade na hora certa.

Foi o que aconteceu comigo em 2006 , quando a ITIL era praticamente desconhecida no Brasil e mesmo assim eu tomei a decisão de investir na certificação.

O que aconteceu depois é que a ITIL começou a ficar cada vez mais popular, e quando atingiu o seu nível mais alto de popularidade, eu já estava certificado há algum tempo, trabalhando em uma multinacional e com uma boa experiência prática com ITIL. E isso me deu uma enorme vantagem competitiva no mercado.

Mas não é sempre que a gente tem a oportunidade de usar essa estratégia da antecipação. A última grande oportunidade foi em 2007, quando saiu a versão 3 da ITIL. Naquele momento também ocorreu o “reset do mercado”. E quem buscou a ITIL v3 logo no início se deu bem.

Tudo indica que a história tende a se repetir com a chegada da ITIL4. E esse é o momento de você tomar uma decisão sobre isso.

Existem dois caminnhos:

  1. Tomar uma decisão agora e se tornar protagonista dessa revolução ou
  2. Esperar e ter uma competição super acirrada daqui há alguns meses quando muitos profissionais já estiverem certificados.

Uma boa e uma má notícia

No momento que eu eu escrevi este artigo, mais de 700 pessoas já estavam na jornada para a certificação ITIL 4 Foundation. Essa é a má notícia. Você está atrasad@. =(

A boa notícia é que pretendo abrir uma nova turma em breve. Então ainda dá tempo de fazer parte da vanguarda do gerenciamento de serviços moderno. Você pode se inscrever na Jornada e ter acesso ao meu curso online para certificação ITIL 4 Foundation com condições exclusivas e especiais.

Inscreva-se Agora na Jornada para a Certificação ITIL 4 Foundation

Nos vemos em breve! Um grande abraço! =)

Sobre o autor

Renê Chiari

Evangelista em Gerenciamento de Serviços. Certificado ITIL® Service Manager, ITIL® Expert, ISO/IEC 20000 Manager e COBIT.

Construiu sua carreira em grandes corporações do ramo de TI e consultorias especializadas, atuando como consultor e instrutor em dezenas de projetos.

É um dos fundadores do ITSM na Prática. Tem dezenas de artigos publicados e é autor do pocket book "ITIL na Prática: Gerenciando Problemas de Infraestrutura e Serviços de TI".

4 comentários

Categorias

Tópicos