Lean IT: melhore a implementação de novos processos
Lean IT: melhore a implementação de novos processos

Blog

Lean IT: melhore a implementação de novos processos

Renê Chiari
Escrito por Renê Chiari
Faça parte de nossa comunidade

Entre para nossa lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade sobre ITIL4 e gerenciamento de serviços

O Lean IT é uma filosofia de trabalho abrangente e que, cada vez mais, se espalha entre as organizações. O foco é tornar a execução dos projetos mais enxuta, integrando setores e aproximando a equipe de produção do cliente e de suas necessidades. O objetivo é basicamente um: a otimização.

Otimização? Bom, está aí uma palavra que virou moda nas empresas de todos setores do mercado e indústria.

Porém, muito além de popular, retrata um dos principais objetivos das organizações modernas.

A complexidade de execuções, que migram de setores em setores dentro de um negócio, acaba por atrasar cada entrega. Com um processo lento, aumentam-se os custos e diminui-se o prestígio por parte dos clientes.

Geralmente, no centro de tudo, está o setor de TI e a inabilidade de fazê-lo funcionar, seja ele parte operacional do seu negócio ou mesmo de suporte.

Para reverter esse cenário e alinhar o setor de TI às melhores práticas de gestão de projetos, existe o Lean IT.

Neste conteúdo, você vai entender mais sobre o Lean IT, suas origens, diferenças com a condução tradicional do setor de TI e muito mais. Continue a leitura para continuar aprendendo!

E já que está aqui, separe um tempinho para aprender como evitar o desperdício em TI, também em nosso blog!

O que é Lean IT (ou Lean TI)

O que é Lean IT (ou Lean TI)

Afinal, o que “otimização” significa em relação ao Lean IT?

Que a filosofia basicamente prega pela redução de desperdícios na rotina do setor de TI. Ou seja, eliminar quaisquer distrações com objetivo de maximizar a produtividade, agilizar entregas e agregar mais valor a elas.

Na verdade, é comum definir essa característica, “agregar valor” como um dos principais objetivos junto à otimização. Muito além de aprimorar o produto final (no caso de uma desenvolvedora de software, por exemplo), se trata de agregar valor ao time envolvido. Por isso, o Lean IT também é receptivo a métodos que promovam a melhoria contínua.

Esse aspecto é essencial nos dias de hoje. Assim, o Lean IT funciona como um ótimo complemento ao framework de gerenciamento ITIL e aos métodos ágeis, como Scrum.

Origem do conceito Lean

Foi no final dos anos 50, na Toyota, quando profissionais envolvidos com o setor de tecnologia começaram a lidar com desafios diferentes dos comuns. Além de produzir por produzir, a marca buscava realmente agregar valor aos clientes — o que afetou toda engrenagem de negócio.

Com esse princípio, nasceu o método Lean: um modelo de gestão que busca desenvolver produtos que envolvam apenas o que é absolutamente necessário para a tarefa. Ou seja, sem desperdícios.

Dessa forma, conseguiram descomplicar o processo produtivo e agregar setores em busca do objetivo principal do negócio.

O Lean se transformou em Lean IT quando as empresas de tecnologia (ou com setores estabelecidos de TI) verificaram a necessidade de integrar esse setor ao desenvolvimento de produtos e soluções. Assim, a tecnologia passou a ser decisiva e estratégica no dia a dia da empresa, impactando a cultura organizacional e o nível de qualidade das entregas.

Fundamentos principais

Fundamentos principais

Como você já sabe, o foco é a otimização em busca da redução de desperdícios. Portanto, com isso em mente, aprenda agora os principais fundamentos da Lean IT.

  • Valor: o que deve ser entregue aos clientes. É o ponto focal de cada projeto.
  • Fluxo de Valor: os insights, esforços e conquistas que visam alcançar o valor proposto ao produto/cliente. Trata-se do estudo do processo em busca de otimizá-lo, mitigando gargalos.
  • Fluxo Contínuo: trata-se do conceito de que os procedimentos continuam funcionando em detrimento das limitações possíveis. Ou seja, sem interrupções.
  • Produção Puxada: um novo modelo de setup, onde é o cliente quem determina o fluxo de valor e a equipe deve se ater exatamente a esse fluxo, entregando o que o cliente solicitou. Dessa forma, diminuem-se desperdícios por focar na objetividade produtiva.
  • Perfeição: melhoria contínua com foco no objetivo do negócio. Nessa etapa, é levado em conta não apenas isso, mas desenha-se também como atingir tal marco, quais recursos são necessários e quais os benchmarks aceitos.

O Lean IT é uma filosofia complexa, que age no cerne estratégico de um negócio. Sua implementação é eficaz, mas é preciso conhecimento teórico e prático de suas etapas para realizar com precisão.

Diferenças entre Lean IT e a TI tradicional

Vamos tirar a dúvida de uma vez por todas? Entenda as diferenças entre o Lean IT e a TI tradicional, como é hoje:

  • TI Tradicional: Processos lentos, com foco em mitigar instabilidades e interrupções. Objetivos geralmente têm a ver com menores custos ou mais agilidade na entrega. Mudanças são aprovadas todas de uma vez. O modelo de trabalho é bem hierárquico e vertical, com especialistas específicos comandando cada área e concentrando o poder de decisão.
  • Lean IT: No Lean IT, as mudanças são contínuas e incrementais, e acontecem sempre que se identificar as oportunidades. As métricas buscadas estão intrinsecamente relacionadas com os objetivos do negócio. O modelo de trabalho é linear, horizontal e generalista, possibilitando que um mesmo profissional atue em várias áreas do projeto.

O Lean IT tem um approach moderno e que busca máxima eficácia, com objetivo de otimizar cada execução dentro de um projeto. Com a filosofia de melhoria contínua, é possível oxigenar a cadeia produtiva na empresa, agregando mais valor a cada entrega.

Como implantar Lean IT

Como implantar Lean IT

O processo de implementação segue uma série de etapas essenciais, confira:

Entenda seus desperdícios: o primeiro passo é conhecer o que deve ser eliminado do processo, como defeitos, retrabalhos, tarefas repetitivas manuais, softwares ultrapassados, etc.

Desenvolva sua cadeia de valor: nessa etapa, você deve entender quais etapas são essenciais para o desenvolvimento de um produto. Com isso, pode dinamizar o processo produtivo e focar no que realmente importa, eliminando ainda mais distrações.

Escolha um framework: como qualquer filosofia, é preciso se basear em uma metodologia de trabalho. O mais recomendado é a ITIL, famoso framework de gerenciamento de serviços de TI, utilizado em todo mundo.

Aplique métricas: escolha as métricas que melhor se relacionem com o objetivo do seu negócio, como ROI. Mantenha sua lista objetiva, com métricas-chave que guiem o processo produtivo — e não o atrapalhem.

Implemente a melhoria contínua: em médio ou longo prazo, observe as execuções de forma minuciosa, buscando oportunidades de melhoria. Lembre-se que isso sempre deve ser feito.

Assim, sua empresa simplifica a cadeia de desenvolvimento de um produto, se aproxima das necessidades de cada cliente e moderniza a cultura organizacional.

Certificações e cursos

Para se tornar um especialista em Lean IT, é preciso realizar um curso licenciado pelo EXIN/LITA. Ao completá-lo, você estará apto a realizar o exame de certificação Lean IT Foundation.

A LITA (Lean IT Association) é uma associação focada no desenvolvimento de cursos, programas e certificações para profissionais de TI especialistas em Lean.

Se você busca implementar algo novo em sua empresa, ou se o seu negócio quer modernizar as entregas e se alinhar às principais tendências e boas práticas de gestão de projetos e serviços de TI, o Lean IT é essencial.

Para complementar os conhecimentos, que tal conhecer mais sobre a Jornada ITIL4? O curso lhe dá todas as bases para conquistar a principal certificação em ITIL4, framework atualizado de gerenciamento de serviços de TI. Confira!

Opa,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Rene A. Chiari Tecnologia da Informação ME / ITSM na Prática.

Av. Melchert, 37 – Chácara Seis de Outubro – São Paulo/SP.

CNPJ: 25.072.324/0001-66

Todos os direitos reservados. Termos de uso.

 

Fale Conosco

contato@itsmnapratica.com.br