Green IT: a importância da TI verde e tecnologia sustentável
Green IT: a importância da TI verde e tecnologia sustentável

Gestão de TI

Green IT: a importância da TI verde e tecnologia sustentável

Renê Chiari
Escrito por Renê Chiari
Faça parte de nossa comunidade

Entre para nossa lista VIP e receba conteúdos exclusivos e com prioridade sobre ITIL4 e gerenciamento de serviços

Não é mistério que a sustentabilidade é um dos estandartes de incontáveis empresas desde os anos 1990, quando a palavra foi popularizada. De lá para cá, uma série de medidas e estratégias foram implementadas nas empresas. A mais atual e que vem ganhando destaque entre os boards de gestores por todo mundo é o Green IT.

Em uma época onde o uso da tecnologia é cada vez maior, a demanda energética sobe a níveis nunca antes vistos. Só para se ter uma ideia, em 2017, a mineração de Bitcoins já gastava mais energia que países inteiros, como Dinamarca e Irlanda.

Detalhe que esses são países desenvolvidos, portanto, muito mais conectados à internet ou dependentes de soluções energéticas.

Ainda assim, apenas a mineração da criptomoeda foi capaz de demandar mais energia que toda uma nação. 

Portanto, fica evidente que há um problema a ser solucionado. Para os setores de tecnologia — do desenvolvimento, passando pela produção e mesmo descarte — existe o Green IT.

E então, vamos conhecer mais sobre essa metodologia e entender como pode ser aplicada aí mesmo, na sua empresa? Reduza seus gastos e acene positivamente para um futuro mais sustentável — confira!

Opa! Antes de continuar, já reserve um tempinho para ler nosso outro conteúdo: “8 tipos de desperdícios de TI para evitar“. Dicas de ouro que podem ajudar seu negócio a economizar!

O que é Green IT, ou TI verde

O que é Green IT

Para os objetivos, resumimos: trata-se de um conjunto de boas práticas gerenciais e operacionais com foco na sustentabilidade. O objetivo é reeducar as pessoas quanto ao uso sustentável dos recursos tecnológicos.

Esses recursos podem vir de fontes variadas: desde o spam acumulado no inbox do seu e-mail como também os componentes eletrônicos do seu smartphone. No Green IT, tudo deve ser levado em conta.

Com o Green IT, adiciona-se outro objetivo ao seu planejamento (seja a curto, médio ou longo prazo): ao mesmo tempo que reduzir os danos de agora, reparar àqueles já causados ao planeta e ao meio ambiente.

Por isso, o Green IT é, além de tudo, um esforço coletivo de empresas em todas as camadas de produção tecnológica.

E como o setor de TI cresce cada vez mais todo ano — 20% projetados no Brasil só esse ano — é de suma importância que abrace essa ideia.

Como surgiu a tecnologia verde

Não há uma data definida, mas é possível dizer que o Green IT é fruto de um consenso de especialistas no tema.

Veja bem, se a mineração de bitcoins gasta mais energia que países desenvolvidos, qual seria o impacto de outras operações? Os computadores, por exemplo, exigem energia constante.

Apesar de, em nosso dia a dia, essa demanda não se manifestar de forma impactante, nas companhias elétricas ela é notada.

E para suprir tal demanda, é preciso investir em produção de mais energia — o que, consequentemente, gera mais CO2 que é expelido para a atmosfera. O resultado? Catastrófico.

Para citar apenas um exemplo: o CO2 é um dos principais causadores do efeito estufa no mundo todo, influenciando o clima e esquentando o planeta.

Por que a tecnologia sustentável é uma necessidade?

Por que a tecnologia sustentável é uma necessidade?

A exploração desenfreada dos recursos tecnológicos é uma atitude danosa, parte de um estilo de vida perecível — com data de validade.

Caso nenhuma ação for tomada, corremos o risco de acelerar em direção a um precipício e nos depararmos com uma escassez capaz de limitar o desenvolvimento humano e a manutenção do dia a dia. 

Benefícios do Green IT

E claro que, além de cooperar com o planeta, você contribui com o próprio bolso e sua posição no mercado.

Empresas e clientes finais veem com bons olhos as organizações comprometidas com o meio ambiente, o que pode colocar seu negócio em um local de destaque entre os concorrentes.

Além disso, a adoção de medidas de redução do desperdício e do uso inteligente de energia contribuem para uma redução de custos fixos (contas de luz, água, internet). 

Muito embora, hoje, alguns componentes — como switches, notebooks, servidores —  sejam vendidos a um preço maior justamente por serem mais “verdes”, essa compensação no preço gasto com os ganhos futuros pode vir com o tempo.

Por isso a dica, a partir de agora, é prezar por equipamentos do tipo sempre que for renovar o estoque ou o maquinário.

Boas práticas de Green IT

Para que tanto meio ambiente e tecnologia caminhem juntas de forma harmônica, complementando uma a outra, é preciso adotar uma série de medidas inovadoras. Através delas, além dos resultados práticos, você incentiva a propagação de uma consciência sustentável.

Algumas das boas práticas mais recomendadas:

  • Implementação de estratégias de uso sustentável de energia (qualquer uma, como luzes acesas), visando a redução da emissão de CO2;
  • Correto gerenciamento de resíduos sólidos, com coleta de reciclados, e também reeducação de colaboradores quanto ao lixo eletrônico;
  • Incorporar o pensamento ecológico na hora de desenvolver novos produtos, considerando todo seu ciclo de vida, ou seja, da extração do insumo ao descarte pelo consumidor final;
  • Contratação ou treinamento de colaboradores para realizar audição acerca destes itens sustentáveis, com objetivo de gerenciar as boas práticas, bem como renová-las. 

Com as medidas certas, é possível chegar em um caminho plausível onde sua empresa encontre no Green IT uma forma de reduzir os custos e, principalmente, contribuir com a causa sustentável.

Existe algum curso ou certificação de Green IT?

Aos que desejam incorporar o Green IT em seu currículo, uma boa alternativa é o curso Green IT Citizen da Exin. Ele prepara especialistas de TI para aprender os pilares de uma gestão tecnológica sustentável. Confira mais!

Não é novidade falar sobre sustentabilidade, mas é necessário — sempre será. Em um mundo que busca o desenvolvimento urbano e social, olhar para a natureza é essencial. 

Afinal, ela é a base para o florescimento de uma sociedade e de um mercado mais justo, que nos dê condições para viver bem e trilhar jornadas de sucesso!

Agora, que tal complementar seus conhecimentos e ficar de olho nas novidades no mundo de gerenciamento de serviços? Em nossa comunidade no Facebook, criamos um ecossistema de contribuição e compartilhamento de conhecimentos bastante enriquecedor. Faça parte!

Opa,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Rene A. Chiari Tecnologia da Informação ME / ITSM na Prática.

Av. Melchert, 37 – Chácara Seis de Outubro – São Paulo/SP.

CNPJ: 25.072.324/0001-66

Todos os direitos reservados. Termos de uso.

 

Fale Conosco

contato@itsmnapratica.com.br