Gamification, por que você está perdendo tempo?

G

Em 2017 publiquei meu livro Gamification em Help Desk e Service Desk.

Após assistir a palestra de Giuliano Machado (já sei, estão cansados de saber disso) percebi que era uma sacada promissora.

Como motivar os colaboradores? Como induzir os usuários a acessarem vídeos e a base de conhecimento antes de abrir um chamado? Como promover alimentação “espontânea” da base de conhecimento e tantas outras ações benéficas para o Service Desk?

Gamification

O livro aguarda você no site da editora ou na maioria das livrarias que comercializam e-books.

Com três frameworks para você escolher seu início, por onde ir, ter um embasamento mais teórico e científico do assunto, variados exemplos para ter insights e assim por diante.

Mas ainda assim os departamentos de suporte técnico não utilizam tal método.

Eu não diria preguiça. Diria falta de tempo.

E complementando, eu responde_ria que idiotice.

Por que exatamente a implementação desta ideia poderia promover sobra de tempo.

OK, soooooooobra talvez não seja a expressão correta, mas tempo extra para trabalhar em projetos (aqueles encalhados, lembra?) que venham a melhorar os resultados do departamento.

Por que Gamification?

Por que seus usuários jogam.

Tenho 57 anos de idade e jogo. Por que o pessoal de 21 anos que vende seguros na concessionária de motos Honda, por exemplo, não jogaria?

Seja numa console, no computador, celular, tablet ou outro dispositivo, jogam.

E se não jogam, ainda assim conhecem regras de futebol, vôlei, varetas, damas, xadrez, etc. que são…

Jogos.

Nesta semana li a ISTO É DINHEIRO que apresentou o seguinte infográfico:

Talvez seja necessário que eu bombe (pronto, fui parar na malha da NSA, Mossad, por registrar a expressão terrível para eles) mais o assunto aqui no blog.

Só o que você não pode fazer é desprezar tais estatísticas. Elas são vigorosas.

É preciso aproveitar este hábito e tirar proveito dele dentro de nossos centros de suporte.

Abs

Cohen

PS: Opaaaaa…

Gamification é um assunto que você pode aprender diretamente comigo no curso Gestão de Serviços para Help Desk e Service Desk dos dias 20-21-22 de fevereiro em São Paulo.

Venha, não perca tempo, pois 2019 vai bombar — ai, ai, ai, agora a frequência da palavra aumentou no meu artigo 🙂

Sobre o autor

Roberto Cohen

Mestre no Ensino de Atendimento para Help Desk, Service Desk e Suporte Técnico

Adicionar comentário

Categorias

Tópicos