Como reduzir o estresse e aumentar a produtividade no trabalho de um time de TI

Tempo de leitura: menos de 1 minuto

Se você já tem alguma experiência e trabalhou em vários projetos diferentes, deve ter percebido que em todos eles, incluindo os que você mais gosta, em algum momento o estresse dominou a cena. Mas saiba que isso não precisa ser uma regra para sua vida profissional. Existem muitas técnicas que podem te ajudar a gerenciar e a superar as tensões diárias, além de melhorar a sua produtividade no trabalho.

A essência do ofício de um engenheiro de software é desenvolver dentro de um período determinado – afinal, as etapas de um projeto têm prazo para acabar. Uma boa gestão do tempo, neste caso, torna-se fundamental para esse tipo de trabalho, pois atrasos podem ser desastrosos para o resultado final. Só que o estresse pode levar o desempenho de toda a equipe para baixo, o que compromete seu rendimento.

Como manter a produtividade no trabalho mais alta possível num ambiente em que os gestores sobrecarregam seus recursos, o financeiro quer cortar custos e os clientes têm necessidades conflitantes? Pode ser um grande desafio evitar o estresse nesse contexto, mas não é impossível.

 

IDENTIFIQUE A RAIZ DO PROBLEMA

Você já ouviu falar dos “5 porquês? É uma estratégia que pode ser muito eficaz para identificar a origem do seu estresse. Muitas vezes, quando estamos estressados, estamos tão focados em nossas emoções que é difícil identificar a verdadeira causa dos problemas. Os 5 porquês é uma ótima maneira de chegar à raiz de todos eles.

Você começa fazendo uma avaliação inicial de algo negativo e, em seguida, passa por um processo recursivo de questionar “por quê?” cinco vezes. Em muitos casos, você pode obter uma imagem muito mais clara do que realmente te incomoda.

Vamos aplicar os 5 porquês a um cenário comum:O trabalho foi terrível hoje.

Por que foi terrível?

Tive que ficar até mais tarde.

Por que você tem que ficar até mais tarde?

Não terminei as alterações do código que eu disse que estaria pronto para testar amanhã.

Por que não terminou as alterações de código?

Tive três reuniões diferentes hoje, que consumiram a maior parte do meu tempo.

Por que 3 horas não foram suficientes?

Teria sido, mas eu só tive 15 minutos entre as reuniões, não daria para fazer qualquer tipo de trabalho.

Por que você só teve 15 minutos entre as reuniões?

As reuniões foram planejadas em sequência, eu não me atentei para isso. Por isso, elas consumiram muito tempo do meu dia. Então, depois que lembrei no que eu estava trabalhando, mal tive tempo de fazer algo antes da minha próxima reunião.

 

Percebeu que ao fim dessa série de questionamentos, ficou mais claro os verdadeiros motivadores do estresse desse profissional? Analisando as respostas, você consegue identificar que o principal problema dele, na verdade, está relacionado à sua dificuldade de gerenciar o tempo e de priorizar o que é mais importante? Aliás, se você se identificou com o exemplo, leia esse artigo sobre gestão do tempo que explica por que estamos sempre com os prazos estourados.

Pense em outras causas que podem motivar seu estresse, por exemplo: existe um desentendimento com alguém do seu trabalho? Existe uma falta de organização que faz com que você se sinta como se estivesse sempre saltando entre tarefas, ou não entregando o que deveria? É algo que você simplesmente não gosta de fazer, porque é chato, ou porque está desperdiçando seu tempo? É sempre importante cavar mais fundo e nomear as raízes dos seus problemas de produtividade no trabalho.

 

APRENDA A FAZER ESCOLHAS DE FORMA PRÁTICA

Profissionais de TI têm que fazer dezenas de escolhas diariamente. E, sejam pequenas ou grandes, elas consomem tempo e energia mental, imagine que esse desgaste, que é repetido muitas vezes no dia-a-dia, consegue esgotar a capacidade e a energia de uma pessoa. Em longo prazo, isso pode levar a uma espiral descendente conhecida como “fadiga de decisão”, um tipo de estresse que paralisa a tomada de decisão, o profissional adia fazer escolhas ao máximo (leia aqui um artigo sobre como frear seu instinto de adiar as escolhas). Como podemos superar esse estresse particular?

Decida o mais breve possível, não deixe as opções acumularem, escolha no momento que elas são disponibilizadas. Isso faz com que as escolhas pareçam mais fáceis, diminuindo a carga de estresse sobre você. Fazer protótipos também pode ser uma grande ferramenta para reduzir o número de opções disponíveis. Com um protótipo simples de demonstração e aplicação das suas opções, você pode chegar a uma solução muito mais rápida, em vez de ficar horas debruçado sobre hipóteses teóricas.

Afinal, você pode ler todas as documentações de blogs gringos sobre um assunto, mas às vezes simplesmente passar 30 minutos realizando um teste é mais do que suficiente para qualificar algo como bom ou mau e tomar a melhor decisão. Provavelmente, você será capaz de avaliar se a ideia vai funcionar. E descobrir coisas que serão ineficientes ou impraticáveis.

ALGUÉM TEM QUE CEDER!

Uma segunda grande fonte de estresse são os desentendimentos entre os membros da equipe, muitas vezes resultado de opiniões divergentes. A maioria dos desenvolvedores não trabalha sozinho. Há semanas em que você passa mais tempo com os seus colegas de trabalho do que com a sua família, não é mesmo? Esta constante interação pode resultar (intencionalmente ou não) em muita intimidade e profissionalismo reduzido. Consequentemente alguns desentendimentos são agravados.

Para você conseguir superar isso, escolha suas batalhas. Será que realmente importa se você usa tab ou space’? Provavelmente não. Mas, muitas vezes, as pessoas ficam envoltas nesses pequenos detalhes e, acredite!, isso é muito desgastante para você. Lembre-se, discussões desse tipo são absolutamente contraproducentes. Neste link a seguir escrevemos um pouco sobre o valor da comunicação para as equipes de TI.

Mesmo se a sua ideia ou a sua escolha seja a mais correta, você não vai ganhar sempre. Às vezes você tem que aceitar perder uma disputa para continuar seu trabalho, impedindo que fatores irrelevantes interfiram em seu desempenho. O outro lado está irredutível? Traga o resto da equipe para a discussão e coloque o tema em votação – uma votação democrática é sempre uma solução rápida. Aliás, tente sempre tomar esse caminho: abrir a discussão quando ela começar a estagnar seu trabalho.

OLHE SUA CARREIRA SOB UMA PERSPECTIVA PRÁTICA

Haverá momentos em sua carreira que você nem sempre irá trabalhar com o que você mais gosta. Essas dicas vão ajudá-lo a resistir melhor através dessas fases e evitar o estresse.

Olhe para este problema sob uma perspectiva lógica: você escolheu trabalhar como desenvolvedor porque você ama isso, certo? Muitas vezes, o aspecto mais agradável da carreira é que ela é algo que você está fazendo por satisfação e não só por dinheiro. Escrevendo um blog de tecnologia, organizando um meetup ou criando a codificação de um projeto paralelo é uma ótima maneira de se envolver com algo novo.

Misturar itens extracurriculares que são do seu interesse com as tarefas menos empolgantes que envolvem seu trabalho tornará tudo mais fácil. Melhor: você pode até ter a oportunidade de incorporar algo novo no seu trabalho formal. Tente levar as experiências de fora do seu expediente para dentro dele. Você pode tanto ser mais notado quanto passar a trabalhar em projetos mais gratificantes sob a sua ótica.

Se você conhece alguma outra dica para gerenciar o estresse e colocar o foco na produtividade, não deixe de compartilhar nos comentários!

Guest-post produzido por Antônio Carlos Soares, CEO do Runrun.it, software de gestão do trabalho

4 Comentários


  1. Acho de extrema importância ler sobre estes artigos.Dá um certo alívio saber que é um questão da profissão e não somente pessoal. Mas ambas precisão ser melhoradas.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *