Confirmado: ITIL4 será lançada no primeiro trimestre de 2019

Tempo de leitura: 3 minutos

Está confirmado! Teremos a nova versão da ITIL será lançada no primeiro trimestre de 2019.

O post oficial do anúncio pode ser lido aqui (em inglês)

Eis algumas informações sobre o que sabemos até o momento:

  • A nova versão será lançada no primeiro trimestre de 2019, e o nome será apenas ITIL4
  • As mudanças acompanham as mudanças da chamada quarta revolução industrial (transformação digital).
  • Os elementos centrais da ITIL permanecerão e continuarão a derivar das experiências de milhares de especialistas.
  • Uma pesquisa abrangente realizada pela Axelos confirmou que a ITIL continua sendo a melhor prática para o setor de ITSM.
  • A atualização incluirá orientações práticas sobre como o ITIL é adotado em conjunto com práticas como DevOps, Agile e Lean.
  • [MUITO IMPORTANTE!] Indivíduos que já tenham certificado terão suas certificações atuais reconhecidas no novo esquema.

Com isso, surgem duas perguntas clássicas de qualquer atualização:

Será que ainda vale a pena estudar ou fazer um curso da ITIL V3 ?

Será que ainda vale a pena fazer o exame da ITIL V3?

Já sabemos que grande parte dos conceitos fundamentais da ITIL devem ser mantidos. O mercado também costuma demorar um bom tempo para absorver novidades das atualizações (vide que até hoje a maioria das organizações de TI estão concentradas e implementar processos da antiga V2 (service support e service delivery).

Mas a grande vantagem de investir na ITIL V3 ainda este ano é que, além da confirmação de que serão certificações válidas mesmo após o lançamento da V3, os materiais de estudo (cursos, simulados e exames) já passaram por um longo caminho de amadurecimento. Ou seja, você tem acesso a uma gama maior e mais consistente de materiais de estudo.

Além disso, sempre é preciso considerar um aumento do valor do exame na nova versão e um período de adaptação e tradução dos programas de capacitação e exames para o português, o que pode fazer com que a oportunidade de se tornar certificado acabe ficando para o final de 2019 ou início de 2020.

Será que o mercado vai esperar até lá? A resposta é não. Vão continuar contratando profissionais certificados.

Você pode receber atualizações sobre o lançamento da ITIL4 direto no seu e-mail. Basta se cadastrar gratuitamente nesta lista especial.

E como fica para os alunos do curso online de ITIL Foundation do Renê Chiari na Udemy?

Tudo depende de qual será o tamanho da atualização da nova versão da ITIL. Se for uma atualização pequena, o mais provável é que o curso atual seja atualizado e os alunos possam assistir ao novo conteúdo sem nenhum custo.

Se a atualização for grande, será gravado um curso novo e atualizado. E todos os alunos atuais terão garantia de acesso exclusivo com o menor preço possível no lançamento do curso.

Ah, sim. Se você ainda é aluno do meu curso online, pode se inscrever neste link exclusivo por um preço praticamente simbólico e se juntar aos mais de 15 mil alunos do curso. Veeeeeenha!

4 Comentários


  1. Prof. Rene, recentemente eu adquiri seu curso no UDEMY, e com essa noticia eu gostaria de saber se essa informação é confirmada, e se a certificação atual terá o mesmo “peso” que a nova certificação.

    “Indivíduos que já tenham certificado terão suas certificações atuais reconhecidas no novo esquema.”

    Responder

    1. Sim, Roger, a Axelos confirmou que os certificados da ITIL V3 terão validade. Além disso, sabemos que haverá um exame “bridge” para profissionais que quiserem se atualizar para a ITIL4 sem ter que realizar o exame completo. abco

      Responder

  2. Grande notícia, Renê.

    A ITIL ainda é uma excelente fonte de ideias, melhores práticas e insights quanto à gestão de serviços, mas é inegável que ela precisava se acoplar mais diretamente às novas TI’s que estão surgindo por aí. TI’s movidas à Ágil, Lean e DevOps, temas que hoje estão no foco de qualquer gestor.

    Será que a v4 abordará diretamente algo relacionado à automatização de serviços através de AI?
    Temos a MCS tratando indiretamente do assunto, mas ainda vejo muitas iniciativas ad-hoc nesse sentido.

    Responder

    1. Olá Kedson! Obrigado pela contribuição.

      Meu palpite é que vamos ter grandes ajustes nos processos de transição de serviços (por conta do movimento DevOps, Agile, Lean) e também nos processos de suporte por conta da automação. É esperar para ver . =)

      abco

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *